A IGREJA

IGREJA MODELO CONGREGACIONAL

01. O templo, o salão ocupa o lugar central nas atividades da igreja.

02. As atividades principais são as reuniões.

03. O importante é o que ocorre nas reuniões.

04. A maioria das atividades giram ao redor do Pastor.

05. A avaliação é feita em base da freqüência as reuniões e a entrega dos dízimos.

06. O relacionamento entre os membros é impessoal; é como uma massa de pessoas que só se vêem nas reuniões.

07. Quando há crescimento numérico, se alguém vai embora, ninguém percebe.

08. A edificação acontece de forma massiva.

09. A edificação massiva não distingue níveis de crescimento, os fiéis e os que não funcionam são a mesma coisa.

10. Somente alguns desenvolvem os seus dons pessoais, os demais são apenas espectadores.

IGREJA MODELO FAMILIA

01. As atividades não são centralizadas, se realizam nas casas.

02. É importante estar bem relacionado do que participar das reuniões.

03. O importante é o que ocorre entre uma reunião e outra do que o que ocorre na própria reunião.

04. A maioria das atividades giram ao redor de pequenos grupos de irmãos, onde todos compartilham.

05. A avaliação é de acordo com: a conduta, a vida e a família.

06. Os relacionamentos entre os membros são pessoais. A vida cristã comunitária é fortalecida.

07. A porta dos fundos é fechada, e os novos discípulos são cuidados como em uma família.

08. A edificação acontece de forma pessoal.

09. O trabalho é feito por níveis de crescimento e ensino: os que não são fiéis, ficamos sabendo.

10. Cada membro é importante e tem que funcionar segundo a graça que recebeu do Senhor.