II Sm 16 – 17

II Sm 16: 12 – “Talvez o Senhor olhará para a minha aflição e o Senhor me pagará com bem a sua maldição deste dia.”

Davi estava sendo perseguido pelo próprio filho. Ele e seus homens fugiam quando Simei apareceu no meio deles e começou a amaldiçoar Davi. Quando seus servos viram aquela situação, prontamente se ofereceram para ir matá-lo, mas Davi sabia que tinha desagradado o coração de Deus e diz “deixai-o; que amaldiçoe, pois o Senhor lhe ordenou.” (II Sm 16: 11).

Davi não estava tentando resolver aquela situação com sua força, nem planejava matar seu filho, também não desistiu de ser rei. Ele simplesmente estava deixando Deus governar. Davi entendia bem sua posição diante de Deus de mera criatura, infinitamente inferior, não havia nada que ele poderia fazer diante do Todo Poderoso, a não ser se submeter e esperar por sua misericórdia.