Lc 10 – 11

Lc 11: 44 – 45 – “Ai de vós que sois como as sepulturas invisíveis, sobre as quais os homens passam sem o saber. Então, respondendo um dos intérpretes da Lei, disse a Jesus: Mestre, dizendo estas coisas, também nos ofendes a nós outros!”

Jesus foi convidado por um fariseu para ir comer com ele e ao discernir o coração enganoso daquele homem, não hesitou em repreendê-lo. Os intérpretes da Lei também ficaram sentidos pela forma que Jesus falou, e novamente Jesus os repreendeu.

Nós vivemos numa sociedade cheia de regras de boa educação, mas o ponto é que Jesus não era mal educado, Ele falava a verdade porque amava as pessoas. Jesus não podia ficar fingindo que tudo estava bem querendo ficar com uma imagem de educado. Jesus se preocupava em agradar a Deus em primeiro lugar e em livrar o homem do engano e levá-lo a salvação em segundo lugar. Jesus era assim porque Ele amava.

Precisamos falar a verdade, mesmo que as vezes seja dolorosa para alguns amigos, mas quando falamos a verdade Deus se agrada de nós e damos a chance às pessoas que não conhecem a Jesus de se converterem e conquistarem a salvação.