At 14 – 16

At 15: 6 – “Então, se reuniram os apóstolos e os presbíteros para examinar a questão.”

Em meio a grande obra que o Espírito Santo estava fazendo pela vida dos discípulos que se deram totalmente para que o propósito de Deus se cumprisse, algumas controvérsias aconteciam. Pois acostumados com a lei de Moisés e recém recebendo tudo bem ensinado por Jesus, agora era hora dos apóstolos tomarem as decisões. Foi assim quando o Espírito Santo se derramou sobre os gentios e foi assim quando o caso da circuncisão veio a tona.

A decisão sobre ao que fazer não cabia a um homem, por melhor que ele fosse. Agora que o Espírito Santo havia sido derramado sobre a igreja, cabia a igreja estar sensível a voz do Espírito Santo para que Ele desse as diretrizes. Mas para que isso fosse feito existia a pluralidade na liderança. Homens de coração reto diante de Deus que eram colocados como autoridades para tomarem esse tipo de decisão. Nessa multidão de conselheiros, houve sabedoria, houve segurança (Provérbios 11: 14).