I Re 13 – 14

I Re 13: 26 – “Ouvindo-o o profeta que o fizera voltar do caminho, disse: É o homem de Deus, que foi rebelde à palavra do Senhor; por isso, o Senhor o entregou ao leão, que o despedaçou e matou, segundo a palavra que o Senhor lhe tinha dito.”

“porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos.” (Mateus 24: 24)

Veio de Judá um homem de Deus com uma missão. Deus tinha dado as instruções claras que ele não podia comer pão, nem beber água e nem voltar pelo caminho que ele havia ido. Este homem foi até Jeroboão e deu uma dura palavra, segundo o que o Senhor havia ordenado e recusou ser acolhido pelo rei, porque estava disposto a cumprir sua missão. Por uma segunda vez ele é convidado a comer pão, mas desta vez por um profeta mais velho, mas novamente ele recusa.

Este homem de Deus parecia estar muito focado em fazer tudo exatamente como Deus ordenara, mas então o outro profeta, mais velho, diz que um anjo havia falado para ele que para fazê-lo voltar a sua casa para comer pão e água e fazendo assim mentiu, mas aquele homem de Deus acreditou e foi e pecou contra o Senhor.

Existem algumas alertas na Bíblia contra os falsos profetas que surgiriam. Muitos deles estão pregando coisas agradáveis de ouvir, mensagens de prosperidade que fazem bem ao nosso ego, prega um Deus humanista, um evangelho fofinho, tudo uma grande mentira. Nós temos uma revelação, essa revelação deve produzir em nós convicção e disposição para passarmos por toda adversidade com o objetivo de resgatar as verdades de Cristo. Não podemos nos deixar enganar pelos falsos profetas. A Bíblia nos deixa clara qual é a nossa missão. Que sejamos aqueles que vão cumprir essa missão e perseverar até o fim e não aqueles que vão se deixar levar pelas palavras de um falso profeta que seja agradável ao nosso ego e acabar devorado por um leão ou, pior que isso, perder nossa eternidade com Deus.